Bio Menu

Busca

Sobre o blog

Alimentar-se representa muito mais que apenas ingerir carboidratos, lipídios, proteinas, vitaminas e minerais. Significa relação social, afinal as pessoas comemoram, prazer, indulgencia etc. Neste Blog temos por objetivo discutir todas as faces dos nutrientes e como podemos estabelecer uma ingestão alimentar saudável sem abrir mão do prazer. Com isso pretendemos propor a você pequenas mudanças que farão diferenças importantes na sua vida, venha conosco.

Categorias

Histórico

10/07/2012

Calorias não são apenas calorias!

Freqüentemente observamos que as pessoas avaliam apenas as calorias presentes nos alimentos sem se preocupar com a origem das mesmas! Essa diferença de origem entre carboidratos, proteína e lipídios modifica bastante o destino dessas calorias! De forma geral os carboidratos representam os nutrientes mais facilmente incorporados em nosso organismo como glicogenio nos músculos e no fígado! Os lipídios são estocados como lipídios (gordura) no tecido adiposo sob a pele e entre as vísceras (gordura omental). As proteínas por sua vez não possuem estoque! Utilizamos para a síntese de estruturas protéicas e quando não precisamos convertemos em carboidratos pelo processo chamado de neoglicogenese (síntese de glicose de substratos não glicidicos). Esse fato apresenta dois pontos importantes: a ingestão de gordura acima do nosso gasto de gordura engorda; a ingestão de proteína acima das necessidades não aumenta nossa quantidade de proteína corporal!  

Em artigo publicado no JAMA recentemente Ebbeling e colaboradores demonstraram que dietas ricas em gordura promoviam maior taxa metabólica de repouso quando comparadas com dietas com maior teor de carboidratos! Este artigo bastante provocativo levanta pontos interessantes porém cometeu, a meu ver um equivoco, não equalizou o total de proteína ingerida nas dietas. A dieta hiperlipidica teve mais proteína que a dieta rica em carboidratos (151 e 104 g/ dia respectivamente)! Como não temos reserva de proteína, temos que processá-la e consequentemente gastaremos mais energia! Assim a conclusão do artigo de Ebbeling e colaboradores fica comprometida! De qualquer forma o tema merece atenção e mostra que a conclusão a respeito de padrões alimentares no combate a obesidade esta longe de encerrada! Não podemos esquecer que os alimentos ricos em proteína também são ricos em gordura!

Para maiores informações: Effects of Dietary Composition on Energy Expenditure During Weight-Loss Maintenance, JAMA, June 27, 2012—Vol 307, No. 24.

 

Escrito por Lancha Jr.

Por Marco D. Leme às 11h50

Ir para UOL Ciência e Saúde

Sobre os autores

Ana Carolina Garcia

Graduação em Nutrição - USP, especialista em Nutrição Aplicada ao Exercício Físico pela Escola de EEFE - USP e especialista em Nutrição Humana Aplicada e Terapia Nutricional pelo IMeN. Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Antonio Herbert Lancha Jr.

Graduação em Educação Física – USP Especialização em Fisiologia do Exercício – UNESP Mestrado e Doutorado em Nutrição Experimental – USP Pós- Doutorado em Medicina Interna – Washington University Professor Titular de Nutrição Aplicada à Atividade Física – USP Coordenador do Grupo de Nutrição do Vita Diretor da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Camila Freitas

Graduação em Nutrição - USP

Pós-Graduação em Gastronomia

Responsável pela área de nutrição das academias Reebok (SP)

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Carla di Pierro

Graduação em Psicologia - PUC SP

Especialização em Psicologia do Esporte - Instituto Sedes Sapientiae

Especialização em Clínica Analítico Comportamental - Núcleo Paradigma

Aprimoramento em Terapia Comportamental Cognitiva - Amban HCFMUSP

Psicóloga da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Desire F. Coelho

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Esporte - USP

Mestrado em Educação Física - USP

Doutoranda pelo Instituto de Ciências Biomédicas - USP

Aprimorando em Transtorno Alimentar pelo AMBULIM HC-FMUSP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luciana O. P. Lancha

Graduação em Nutrição e Esporte – USP Mestrado em Bioquímica – UNICAMP Doutorado em Ciências Biomédicas - USP Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luiz Augusto Riani Costa

Graduação em Medicina – UNICAMP

Pós-graduação em Medicina Esportiva e Fisiologia do Exercício – USP

Doutorando em Fisiopatologia – EEFE/HCFMUSP

Diretor Clínico do setor de Cardiologia dos Laboratórios

Diagnósticos da América (DASA)

Fisiologista do Vita

Médico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Marco D. Leme

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Eng. de Alimentos - Instituto Mauá de Tecnologia

Nutricionista do Grupo de DOR - IOT HCFMUSP e da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Patrícia Campos-Ferraz

Graduação em Nutrição – USP

Mestrado em Ciências dos Alimentos – USP

Doutorado em Biologia Funcional e Molecular pela UNICAMP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Renata C. Sardinha

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo. Nutricionista do Bio Menu Congelados Saudáveis


Rodrigo Ferraz

Graduação em Educação Física - USP

Especialização em Treinamento Desportivo - UNIFESP/EPM

Especialista em Prevenção de Lesão e Treinamento em Pacientes Oncológicos

Preparador Físico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida