Bio Menu

Busca

Sobre o blog

Alimentar-se representa muito mais que apenas ingerir carboidratos, lipídios, proteinas, vitaminas e minerais. Significa relação social, afinal as pessoas comemoram, prazer, indulgencia etc. Neste Blog temos por objetivo discutir todas as faces dos nutrientes e como podemos estabelecer uma ingestão alimentar saudável sem abrir mão do prazer. Com isso pretendemos propor a você pequenas mudanças que farão diferenças importantes na sua vida, venha conosco.

Categorias

Histórico

29/09/2011

Tratamento multidisciplinar da obesidade

A obesidade é uma doença com proporções pandêmicas. Isso é, sua prevalência está aumentando mundialmente.  Muitas pesquisas estão sendo feitas para tentar conter o avanço desse quadro. Mudanças na dieta, estilo de vida, tipos de atividade física, medicamentos, tudo isso tem seu papel importante nessa luta.

Só um dos aspectos não resolve o problema. Não adianta mudar a alimentação e não sair do sedentarismo.

Cirurgia bariátrica, indicada para casos graves de obesidade onde o paciente é resistente aos outros tratamentos, tem ótimos resultados nos primeiros dois anos pós-cirurgia. Mas com o tempo, vemos os pacientes recuperarem boa parte do peso perdido num prazo de 5 anos.

Ultimamente muito se fala de um medicamento usado para controlar o diabetes, que saiu recentemente na mídia, como a panacéia para o emagrecimento. Trata-se da liraglutida, um análogo do peptídeo similar à glutamina-1, que é um inibidor natural de apetite e em alguns casos induz o pâncreas a secretar mais insulina. O estudo clínico publicado nesse ano na revista International Journal of Obesity é belíssimo, bem conduzido, feito por pesquisadores conceituados da área.

Mas vale lembrar que, nesse estudo, além do uso da droga em pacientes obesos saudáveis, os sujeitos também se submeteram a um déficit calórico de 500 kcal/dia e praticaram atividade física.

O que foi avaliado nesse artigo? A droga parece ser efetiva e segura por até dois anos quando acompanhado de DIETA e EXERCÍCIO na promoção e manutenção da perda de peso.

A minha leitura sobre isso? O tratamento da obesidade deve ser feito de forma multi e interdisciplinar, com acompanhamento médico, nutricional, psicológico e deve estar contemplado nesse tratamento a atividade física orientada e prescrita por profissional capacitado.

Só remédio não adianta. Como se diz, o paciente tem que querer emagrecer e não “ser emagrecido”...

 

 

Para saber mais:

 

Astrup A.,  Carraro R, Finer N ET AL. Safety, tolerability and sustained weight loss over two years with the once-daily human GLP-1 analog, liraglutide.

Int. J.Obes (2011) 1-12

 

           

                                                                                  Patrícia Campos-Ferraz

 

Por Patrícia L. C. Ferraz às 22h30

26/09/2011

10 dicas para emagrecer com exercícios físicos

1- O Colégio Americano de Medicina Esportiva recomenda a realização de 300 minutos semanais de atividade física para a perda e manutenção de peso. O que representa 60 minutos cinco vezes por semana.

2- Alternar atividades físicas aeróbicas de alta intensidade e curta duração com atividades aeróbicas de baixa intensidade com longa duração é a melhor maneira para estimular a queima de gordura em nosso organismo.

3- Após doze meses realizando a mesma rotina de treinamento o processo de emagrecimento diminui muito. Portanto diversifique os treinos, evolua-os conforme o seu organismo for se acostumando com os estímulos.

4- A musculação é uma ótima arma na ajuda do emagrecimento. O ganho de massa muscular faz com que o nosso organismo gaste mais calorias para se manter.

5- A caminhada é uma das melhores formas de começar a praticar esporte. Ela queima calorias, estimula a musculatura e o sistema cardiorrespiratório e pode ser feita em qualquer lugar.

6- Quanto maior o número de músculos envolvidos no gesto esportivo, mais calorias serão gastas. Exemplo: a corrida gasta mais calorias do que a bicicleta.

7- Antes de iniciar um programa de atividades físicas, procure um médico para saber se o seu organismo esta preparado para o esforço.

8- A melhor maneira de emagrecer com saúde é unir a pratica regular de atividades físicas com uma alimentação saudável.

9- O profissional de Educação Física é o único capaz de orientar, prescrever e evoluir de forma segura um programa de treinamento. Uma boa orientação acelera os resultados e reduz a chance de desistência.

10- Pequenas mudanças trazem grandes resultados. Já pensou em andar mais a pé? Mexa-se!

Bons treinos e boas escolhas...

 

Por Rodrigo Ferraz às 12h18

Ir para UOL Ciência e Saúde

Sobre os autores

Ana Carolina Garcia

Graduação em Nutrição - USP, especialista em Nutrição Aplicada ao Exercício Físico pela Escola de EEFE - USP e especialista em Nutrição Humana Aplicada e Terapia Nutricional pelo IMeN. Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Antonio Herbert Lancha Jr.

Graduação em Educação Física – USP Especialização em Fisiologia do Exercício – UNESP Mestrado e Doutorado em Nutrição Experimental – USP Pós- Doutorado em Medicina Interna – Washington University Professor Titular de Nutrição Aplicada à Atividade Física – USP Coordenador do Grupo de Nutrição do Vita Diretor da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Camila Freitas

Graduação em Nutrição - USP

Pós-Graduação em Gastronomia

Responsável pela área de nutrição das academias Reebok (SP)

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Carla di Pierro

Graduação em Psicologia - PUC SP

Especialização em Psicologia do Esporte - Instituto Sedes Sapientiae

Especialização em Clínica Analítico Comportamental - Núcleo Paradigma

Aprimoramento em Terapia Comportamental Cognitiva - Amban HCFMUSP

Psicóloga da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Desire F. Coelho

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Esporte - USP

Mestrado em Educação Física - USP

Doutoranda pelo Instituto de Ciências Biomédicas - USP

Aprimorando em Transtorno Alimentar pelo AMBULIM HC-FMUSP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luciana O. P. Lancha

Graduação em Nutrição e Esporte – USP Mestrado em Bioquímica – UNICAMP Doutorado em Ciências Biomédicas - USP Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luiz Augusto Riani Costa

Graduação em Medicina – UNICAMP

Pós-graduação em Medicina Esportiva e Fisiologia do Exercício – USP

Doutorando em Fisiopatologia – EEFE/HCFMUSP

Diretor Clínico do setor de Cardiologia dos Laboratórios

Diagnósticos da América (DASA)

Fisiologista do Vita

Médico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Marco D. Leme

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Eng. de Alimentos - Instituto Mauá de Tecnologia

Nutricionista do Grupo de DOR - IOT HCFMUSP e da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Patrícia Campos-Ferraz

Graduação em Nutrição – USP

Mestrado em Ciências dos Alimentos – USP

Doutorado em Biologia Funcional e Molecular pela UNICAMP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Renata C. Sardinha

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo. Nutricionista do Bio Menu Congelados Saudáveis


Rodrigo Ferraz

Graduação em Educação Física - USP

Especialização em Treinamento Desportivo - UNIFESP/EPM

Especialista em Prevenção de Lesão e Treinamento em Pacientes Oncológicos

Preparador Físico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida