Bio Menu

Busca

Sobre o blog

Alimentar-se representa muito mais que apenas ingerir carboidratos, lipídios, proteinas, vitaminas e minerais. Significa relação social, afinal as pessoas comemoram, prazer, indulgencia etc. Neste Blog temos por objetivo discutir todas as faces dos nutrientes e como podemos estabelecer uma ingestão alimentar saudável sem abrir mão do prazer. Com isso pretendemos propor a você pequenas mudanças que farão diferenças importantes na sua vida, venha conosco.

Categorias

Histórico

08/04/2010

Suplementação Nutricional no Esporte

   Tendo em vista o amplo interesse gerado pelo tema aproveitamos este blog para divulgar o Curso que está em sua 3a edição e terá início no dia 04 de maio na Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (USP).

   Como em todos nossos cursos procuramos levar aos alunos as últimas pesquisas na área de suplementos voltados ao esporte, os resultados obtidos e publicados em revistas nacionais e internacionais de renome. 

    O Curso de Suplementação Nutricional é voltado para estudantes e profissionais da área da saúde que estão sempre em busca de conhecimento e referências sobre o tema e não simplesmente atrás de uma receita de bolo.

      Mais informações no site: http://www.usp.br/eef/extensao_ccex.php ou pelo telefone (11) 3091-3182.

  Até o próximo!!

  Desire Coelho

 

 

Por Desire F. Coelho às 10h38

05/04/2010

Mais informações sobre o texto de suplementos nutricionais

Caros leitores, inicialmente gostaria de agradecer pelos comentários, mas principalmente pelo interesse, e pela busca de mais informações sobre o tema suplementação nutricional. Entendo que o blog alcançou seu objetivo com essa matéria tendo em vista sua repercussão. Nossa idéia é realmente fazer deste espaço um fórum de debate de temas relevantes no tocante à saúde relacionada com atividade física e nutrição. Aproveito para dizer aos que se decepcionaram que o objetivo do blog não é trazer informações científicas, mas como o próprio nome diz, nosso objetivo é trazer dicas nutricionais, relacionando-as com a atividade física. Neste contexto, nossa idéia foi indicar para o indivíduo leigo que não há mágica, cada um precisa assumir a responsabilidade sobre seus hábitos e então mudá-los se desejarem resultados duradouros.

Em relação à creatina, insisto que ela não tem efeitos colaterais como foi imaginado inicialmente e que ela realmente traz melhora no rendimento esportivo para atividades intermitentes e de alta intensidade. Como alguns leitores solicitaram as informações científicas que fundamentam essa posição, aqui seguem: Creatine supplementation spares muscle glycogen during high intensity intermittent exercise in rats. H Roschel, B Gualano, M Marquezi, A Costa, and AH Lancha Jr. J Int Soc Sports Nutr, Jan 2010; 7(1): 6.

Em 2008 publicamos trabalho mostrando, com a técnica gold standard de mensuração da função renal, isto é, a mais precisa e eficaz para esta avaliação, que a creatina não altera a função renal, como algumas pessoas imaginavam (para mais informações ler: Effects of creatine supplementation on renal function: a randomized, double-blind, placebo-controlled clinical trial. B Gualano, C Ugrinowitsch, RB Novaes, GG Artioli, MH Shimizu, AC Seguro, RC Harris, and AH Lancha Jr. Eur J Appl Physiol, May 2008; 103(1): 33-40.).

Este mês publicamos trabalho demonstrando que, mesmo em indivíduo que possui apenas um rim, a creatina não prejudica a função renal (para mais informações ler: Effect of short-term high-dose creatine supplementation on measured GFR in a young man with a single kidney. B Gualano, DC Ferreira, MT Sapienza, AC Seguro, and AH Lancha Jr. Am J Kidney Dis, Mar 2010; 55(3): e7-9.)

A creatina tem inclusive sido associada com efeitos benéficos no combate à intolerância à glicose (para mais informações ler: Effects of creatine supplementation on glucose tolerance and insulin sensitivity in sedentary healthy males undergoing aerobic training. B Gualano, RB Novaes, GG Artioli, TO Freire, DF Coelho, FB Scagliusi, PS Rogeri, H Roschel, C Ugrinowitsch, and AH Lancha Jr. Amino Acids, Feb 2008; 34(2): 245-50.).

A ANVISA está, desde o ano passado, revendo a portaria que legisla os suplementos nutricionais para praticantes de atividade física, inclusive a proibição deste suplemento, que por sua vez é vendido livremente em quase todos os países (EUA, Alemanha, Suíça, França, Inglaterra, entre outros).

Fica então a recomendação de algumas leituras complementares para quem se interessar e quiser saber mais profundamente sobre o assunto, principalmente no tocante à suplementação de creatina (para mais informações ler: Gualano, B.; Artioli, Guilherme G; Lancha Junior, A. H. . Efeitos da suplementação de creatina no metabolismo glico-lipídico: possíveis aplicações terapêuticas. Revista Mackenzie de Educacão Física e Esporte, v. 7, p. 149-159, 2008).

Aproveito para agradecer os comentários enviados, pois, só assim conseguiremos mensurar  a profundidade das informações a serem postadas.

Por Antonio Herbert Lancha Jr. às 21h23

Nutrição e Suplementos

Um fato que chama a atenção é o comportamento de algumas pessoas que, interessadas em entrar em forma, procuram as academias. Nada de errado teria, se elas estivessem dispostas, a realizar um programa de treinamento orientado, visando maior bem estar e/ou modificar a composição corporal (perder gordura e ganhar massa muscular). O fato é que, ao entrar na academia, elas imediatamente perguntam: “o que eu tomo para ficar forte e magro?”

Este comportamento, bastante disseminado na nossa cultura, tem despertado o consumo de diversas substâncias com efeitos ainda duvidosos. Como exemplo temos, aquele indivíduo, que as vésperas do verão, percebe que a sunga já não entra e o braço fica folgado na camiseta. Ele chega e pergunta: “como eu faço para queimar esta gordura e ganhar músculos?” Se este indivíduo estiver disposto a treinar para este fim, tudo bem.  Porém, ele pode estar interessado em encontrar algum suplemento que faça isto por ele. A pergunta pode ser: “o que eu tomo?” E não, “como eu treino?” O mesmo acontece com o indivíduo que vai a academia e quer ficar forte da noite para o dia.

Alguns anos atrás, para a grande maioria da população, uma boa orientação nutricional conseguia atender às necessidades impostas pelo esforço físico, não sendo necessário suplemento algum. No entanto, nos dias de hoje, com aumento das solicitações no trabalho, em casa, aumento do estresse, redução do tempo para alimentar-se adequadamente; os suplementos passam a ter papel importante, não só no auxílio à busca por objetivos físicos, como aumento de massa muscular, mas também para ajudar no estado geral de saúde.

Os suplementos nutricionais podem auxiliar neste aumento, porém dentro de limites fisiológicos. O que isto quer dizer? Isto significa que nosso organismo apresenta um limite imposto pelas características genéticas. Então podemos conseguir aumentar a força e a massa muscular dentro de parâmetros impostos pelo nosso código genético. É esta limitação que faz com que muitos atletas busquem formas alternativas para superá-lo.

Já foi comprovado que diversos suplementos como creatina, leucina, whey protein auxiliam no ganho de massa magra, sem efeitos colaterais associados ao uso destes suplementos.

O ideal é sempre associar alimentação equilibrada, treinamento físico apropriado e uso de suplementação orientada, a fim de agilizar a busca pelos objetivos.

Por Antonio Herbert Lancha Jr. às 09h24

Ir para UOL Ciência e Saúde

Sobre os autores

Ana Carolina Garcia

Graduação em Nutrição - USP, especialista em Nutrição Aplicada ao Exercício Físico pela Escola de EEFE - USP e especialista em Nutrição Humana Aplicada e Terapia Nutricional pelo IMeN. Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Antonio Herbert Lancha Jr.

Graduação em Educação Física – USP Especialização em Fisiologia do Exercício – UNESP Mestrado e Doutorado em Nutrição Experimental – USP Pós- Doutorado em Medicina Interna – Washington University Professor Titular de Nutrição Aplicada à Atividade Física – USP Coordenador do Grupo de Nutrição do Vita Diretor da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Camila Freitas

Graduação em Nutrição - USP

Pós-Graduação em Gastronomia

Responsável pela área de nutrição das academias Reebok (SP)

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Carla di Pierro

Graduação em Psicologia - PUC SP

Especialização em Psicologia do Esporte - Instituto Sedes Sapientiae

Especialização em Clínica Analítico Comportamental - Núcleo Paradigma

Aprimoramento em Terapia Comportamental Cognitiva - Amban HCFMUSP

Psicóloga da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Desire F. Coelho

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Esporte - USP

Mestrado em Educação Física - USP

Doutoranda pelo Instituto de Ciências Biomédicas - USP

Aprimorando em Transtorno Alimentar pelo AMBULIM HC-FMUSP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luciana O. P. Lancha

Graduação em Nutrição e Esporte – USP Mestrado em Bioquímica – UNICAMP Doutorado em Ciências Biomédicas - USP Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luiz Augusto Riani Costa

Graduação em Medicina – UNICAMP

Pós-graduação em Medicina Esportiva e Fisiologia do Exercício – USP

Doutorando em Fisiopatologia – EEFE/HCFMUSP

Diretor Clínico do setor de Cardiologia dos Laboratórios

Diagnósticos da América (DASA)

Fisiologista do Vita

Médico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Marco D. Leme

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Eng. de Alimentos - Instituto Mauá de Tecnologia

Nutricionista do Grupo de DOR - IOT HCFMUSP e da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Patrícia Campos-Ferraz

Graduação em Nutrição – USP

Mestrado em Ciências dos Alimentos – USP

Doutorado em Biologia Funcional e Molecular pela UNICAMP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Renata C. Sardinha

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo. Nutricionista do Bio Menu Congelados Saudáveis


Rodrigo Ferraz

Graduação em Educação Física - USP

Especialização em Treinamento Desportivo - UNIFESP/EPM

Especialista em Prevenção de Lesão e Treinamento em Pacientes Oncológicos

Preparador Físico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida