Bio Menu

Busca

Sobre o blog

Alimentar-se representa muito mais que apenas ingerir carboidratos, lipídios, proteinas, vitaminas e minerais. Significa relação social, afinal as pessoas comemoram, prazer, indulgencia etc. Neste Blog temos por objetivo discutir todas as faces dos nutrientes e como podemos estabelecer uma ingestão alimentar saudável sem abrir mão do prazer. Com isso pretendemos propor a você pequenas mudanças que farão diferenças importantes na sua vida, venha conosco.

Categorias

Histórico

03/03/2010

Dieta sem glúten?

Muita gente deve conhecer alguém que aderiu recentemente à dieta sem glúten. Mas será que essa estratégia é realmente necessária?

A intolerância ao glúten é conhecida por DOENÇA CELÍACA, cujos sintomas variam de acordo com a idade e vão desde a dor abdominal, diarréia, vômito, abdômen inchado, gases e fezes que são anormais na aparência, odor e quantidade até perda de peso importante, fraqueza e fadiga intensa, déficit de crescimento em crianças e atraso da puberdade em adolescentes.  Diagnósticos tardios podem deixar seqüelas como osteoporose, problemas neurológicos e esterilidade.

O glúten é uma proteína encontrada no trigo, aveia, centeio e cevada e, para os intolerantes ao glúten, essa proteína liga-se a um receptor e adere à parede do intestino durante o processo digestivo, o que impede sua absorção. Esse complexo “glúten-receptor”, por ser estranho ao corpo, começa a ser combatido pelas células imunológicas, iniciando um processo inflamatório que danifica a célula. Há má absorção de nutrientes ocasionando os sintomas já citados.

Uma vez diagnosticada a doença, o tratamento consiste em exclusão para toda a vida de alimentos que contenham trigo, aveia, centeio e cevada, o que inclui massa, pães, bolos, biscoitos, entre outros alimentos.

Para quem é celíaco há uma infinidade de substituições perfeitamente possíveis de serem feitas, nas quais incluem, dentre tantas, macarrão de arroz, pão de araruta, bolo de fubá e farinha de batata.

Com sintomas tão específicos e grande restrição alimentar, devemos analisar a real necessidade de cortar alimentos que contenham glúten do cardápio. Consultar-se com um médico para o diagnóstico preciso da doença é o primeiro passo para uma vida mais saudável, prazerosa e isenta de restrições desnecessárias.

Camila Freitas

Por Camila Freitas às 16h48

01/03/2010

Suplementos?

Quem nunca pensou em tomar algum suplemento alimentar? Frequentadores de academias ou ambientes onde ocorre a prática de atividade física já devem ter escutado pessoas contando as “maravilhas” que o suplemento X trouxe para a sua vida. Como a regulamentação no Brasil não exige receita para compra de suplementos alimentares, muitas pessoas visitam lojas especializadas que vendem esses produtos da mesma maneira que supermercados.

Chegar à conclusão de que uma pessoa necessita de suplementação, não é tão simples quanto parece. Cada indivíduo possui características muito especificas e rotinas extremamente diferentes, fazendo com que seja recomendada uma avaliação nutricional individualizada, para saber da possível necessidade de suplementação.

Precisamos partir do princípio de que uma boa alimentação é capaz de suprir todas as necessidades nutricionais de um indivíduo. Sendo assim, uma dieta equilibrada, balanceada e fracionada em n refeições diárias, deveria oferecer todos os nutrientes que necessitamos. Mas como moramos em metrópoles, sofremos com stress entre outras coisas, muitas vezes não encontramos tempo para nada, nem para nós mesmos...daí a possibilidade de algum suplemento alimentar tornar-se necessário, principalmente quando o indivíduo apresenta demanda energética elevada em função da prática de atividade física.

Antes de procurar algum tipo de suplemento alimentar, procure saber se a sua alimentação está adequada às suas necessidades, consultando um profissional especializado, para que você não deposite em um pote industrializado, todas as suas expectativas!

Boa semana!

 

Marco Leme

Por Marco D. Leme às 09h02

Ir para UOL Ciência e Saúde

Sobre os autores

Ana Carolina Garcia

Graduação em Nutrição - USP, especialista em Nutrição Aplicada ao Exercício Físico pela Escola de EEFE - USP e especialista em Nutrição Humana Aplicada e Terapia Nutricional pelo IMeN. Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Antonio Herbert Lancha Jr.

Graduação em Educação Física – USP Especialização em Fisiologia do Exercício – UNESP Mestrado e Doutorado em Nutrição Experimental – USP Pós- Doutorado em Medicina Interna – Washington University Professor Titular de Nutrição Aplicada à Atividade Física – USP Coordenador do Grupo de Nutrição do Vita Diretor da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Camila Freitas

Graduação em Nutrição - USP

Pós-Graduação em Gastronomia

Responsável pela área de nutrição das academias Reebok (SP)

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Carla di Pierro

Graduação em Psicologia - PUC SP

Especialização em Psicologia do Esporte - Instituto Sedes Sapientiae

Especialização em Clínica Analítico Comportamental - Núcleo Paradigma

Aprimoramento em Terapia Comportamental Cognitiva - Amban HCFMUSP

Psicóloga da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Desire F. Coelho

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Esporte - USP

Mestrado em Educação Física - USP

Doutoranda pelo Instituto de Ciências Biomédicas - USP

Aprimorando em Transtorno Alimentar pelo AMBULIM HC-FMUSP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luciana O. P. Lancha

Graduação em Nutrição e Esporte – USP Mestrado em Bioquímica – UNICAMP Doutorado em Ciências Biomédicas - USP Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Luiz Augusto Riani Costa

Graduação em Medicina – UNICAMP

Pós-graduação em Medicina Esportiva e Fisiologia do Exercício – USP

Doutorando em Fisiopatologia – EEFE/HCFMUSP

Diretor Clínico do setor de Cardiologia dos Laboratórios

Diagnósticos da América (DASA)

Fisiologista do Vita

Médico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Marco D. Leme

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo

Graduação em Eng. de Alimentos - Instituto Mauá de Tecnologia

Nutricionista do Grupo de DOR - IOT HCFMUSP e da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Patrícia Campos-Ferraz

Graduação em Nutrição – USP

Mestrado em Ciências dos Alimentos – USP

Doutorado em Biologia Funcional e Molecular pela UNICAMP

Nutricionista da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida


Renata C. Sardinha

Graduação em Nutrição - Centro Universitário São Camilo. Nutricionista do Bio Menu Congelados Saudáveis


Rodrigo Ferraz

Graduação em Educação Física - USP

Especialização em Treinamento Desportivo - UNIFESP/EPM

Especialista em Prevenção de Lesão e Treinamento em Pacientes Oncológicos

Preparador Físico da Nutriaid Consultoria em Qualidade de Vida